TRT5 promove exposição sobre Trabalho Infantil no Salvador Shopping

O Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT5-BA) realiza, de 11 a 17 de junho, no Espaço Gourmet do Salvador Shopping (Avenida Tancredo Neves, nº 3133, Caminho das Árvores), a exposição intitulada "Um mundo sem Trabalho Infantil", que apresenta peças da Campanha sobre o Combate ao Trabalho Infantil e placas informativas disponibilizadas pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). Nesta terça-feira (12/6), data em que se celebra o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, a mostra contou com as presenças de magistrados do TRT5 conversando e esclarecendo dúvidas sobre o tema.

As placas explicam o que é o trabalho infantil (doméstico, nas ruas e no campo), sobre a Convenção 182 da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e fala sobre as piores formas de trabalho infantil, envolvendo atividades ilícitas, escravidão e trabalho insalubre (veja peças abaixo).

 

TRABALHO INFANTIL - Este ano, a Justiça do Trabalho fez uma campanha com o slogan "Não leve na brincadeira. Trabalho infantil é ilegal. Denuncie: Disque 100". A versão nacional foi apresentada na reunião conjunta entre os Programas Trabalho Seguro e de Combate ao Trabalho Infantil, promovida na sede do TST, em Brasília, com os gestores nacionais e regionais com a presença da corregedora regional do TRT5, desembargadora Dalila Andrade, e da juíza auxiliar da Presidência, juíza Doroteia Azevedo (nas fotos na exposição).

 

No Brasil, cerca de 2,7 milhões de crianças, entre 5 e 17 anos de idade, se encontram em situação de trabalho irregular, de acordo com a Pesquisa Nacional de Amostra Por Domicílio (PNAD-2015). 

Confira um vídeo da desembargadora Dalila Andrade e dos juízes Angélica Ferreira e Guilherme Ludwig conversando com crianças que passavam pela exposição.

Secom TRT5 (Fabricio Ferrarez) - 12/6/2018