Ação no Fórum do Comércio orienta sobre combate ao Aedes Aegypti

 Secom TRT

 

Na manhã desta quinta-feira (1º/9), o Fórum Trabalhista do Comércio foi palco de mais uma ação da Campanha Dengue, Zika e Cikungunya - Aqui Não, promovida pela Coordenadoria de Projetos Especiais do TRT da Bahia. O evento contou com feira de zoonoses, intervenções artísticas e pit stop nos setores e varas trabalhistas, nos quais cerca de 40 agentes de combate a endemias do Centro de Zoonoses de Salvador se dividiram entre a feira no térreo do Fórum Comércio e nos onze andares do edifício.

 

A ação Pit Stop consistiu em um bate-papo rápido nas unidades com entrega de panfletos e explicação aos servidores sobre formas de prevenção, vacinas, proliferação dos mosquitos e outros animais peçonhentos, tanto em casa como no ambiente de trabalho. Já a feira, que se concentrou no saguão principal do prédio e por onde passam por dia cerca de seis mil pessoas, chamou a atenção de quem passava com uma mostra do ciclo de vida do mosquito Aedes Aegypti, o vetor da tríplice viral (dengue, chikungunya e zika vírus).

 

 Secom TRT5

 

Agente de combate as endemias do Centro de Zoonoses, Adejailda Oliveira, falou que ''as três atividades visam alertar a sociedade sobre os perigos e as formas de evitar a presença de animais peçonhentos transmissores de doenças e que o centro está disponível para realizar oficinas e ações em empresas pública e privadas, escolas e universidades''. Para agendar basta entrar no site e fazer o primeiro contato no setor de Informação e Educação em Zoonose (SEIZO/CCZ) através do telefone 3611-7308 e pelo e-mail seizo.ccz@gmail.com.

 

O servidor Tito Reis acredita que ações como esta ajuda na prevenção e que sempre olha em sua residência os ralos e plantas. Em outro andar, o servidor José Durval falou da importância de prevenir. ''Gestos simples de limpeza ajudam a eliminar focos e o trabalho preventivo é de todos'', declarou.

 

 Secom TRT5

 

O Centro de Controle de Zoonoses é responsável pela prevenção e controle de doenças transmitidas por vetores no município, e para isso realiza o ações de prevenção das populações animais. Atualmente, o CCZ realiza as seguintes ações: controle de animais peçonhentos; vistoria Zoosanitária; vacinação antirrábica de cães e gatos; programa de controle da dengue; verificação de reclamações; acompanhamento de notificações de acidentes por agressão animal entre outros.

 

Secom TRT5-BA (Edilena Vasconcelos) - 2/9/2016