Semana da Conciliação: TRT5-BA ultrapassa R$ 9,6 milhões em acordos

 Secom TRT5-BA

Acordo mediado pela juíza Cristina Azevedo, da Central de Execução e Expropriação do TRT5-BA

 

 

Ao final do terceiro dia da Semana Nacional de Conciliação, o Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA) já registra um total  de R$ 9.613.184,13 em 710 acordos realizados pelas varas trabalhistas, Central de Execução e todo o 2º Grau do Regional baiano. Só no Juízo de Conciliação de 2ª Instância (JC2), 268 acordos foram homologados até o momento. Outros 884 estão distribuídos entre as varas trabalhistas e a Central de Execução. (Confira detalhes na tabela abaixo)

 

O município de Anagé, no centro-sul baiano, foi o que conciliou o maior valor até o momento (143 acordos; R$ 2.005.989,47), seguido por Ibirapitanga, também no sul da Bahia (51 acordos; R$ 1.013.969,29). Logo após vem Aporá, no nordeste baiano (10 acordos; R$ 102.437,47) e Madre de Deus (4 acordos; R$ 102.331,41), na Região Metropolitana de Salvador.

 

 

 Secom TRT5-BA

 

 

Em uma das audiências de conciliação (foto) mediada pelo conciliador do TRT5-BA, desembargador Jeferson Muricy - na qual a reclamada foi o município de Guajeru - as partes foram representadas por seus advogados. ''O acordo foi muito compensatório, pois não tínhamos esperança de uma conciliação agora e em 10 meses a divida será quitada'', comentou o advogado dos reclamantes, Vinicius Sapucaia.

 

 

 

O EVENTO - Segundo o relatório Justiça em Números 2015 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), 314.000 processos estão em andamento em todo o TRT5-BA. A proposta da Semana de Conciliação é promover acordos em ações em qualquer instância, independentemente da fase processual em que se encontrem, priorizando aqueles em fase de execução, mas com pauta aberta à sugestão das partes. Quem tiver ação trabalhista e quiser fazer um acordo deve procurar o seu advogado para solicitar uma audiência. As solicitações que não puderem ser agendadas para o período deverão ser atendidas posteriormente.

 

Preliminarmente, o TRT5-BA programou para a Semana um total de 4.279 processos, dos quais 1.222 são referentes a audiências agendadas pelas varas trabalhistas e pela Central de Execução; e 3.057, pelo Juízo de Conciliação de 2ª Instância (JC2). Esses números podem aumentar com a inclusão de mais processos a pedido das partes.

 

Secom TRT5 (Laíla Terso) - 25/11/2015