TRT5 ganha Selo Justiça em Números durante evento do CNJ em Brasília

 CNJ

 

O Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA) ganhou o Selo Justiça em Números, concedido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em reconhecimento aos tribunais que investem na excelência da gestão da informação. No total, 56 tribunais receberam a premiação distribuída nas categorias Diamante (8 tribunais), Ouro (23 tribunais), Prata (10 tribunais) e Bronze (15 tribunais), sendo que o TRT5 foi agraciado com o Selo de Prata, durante a abertura do  9º Encontro Nacional do Poder Judiciário, em Brasília, nesta terça-feira (24).

 

O Selo foi criado em outubro de 2013 (Portaria 186/2013, atualizada pela Portaria 125/2015) para fomentar a qualidade dos dados estatísticos do Judiciário, sobretudo referentes ao Relatório Justiça em Números. A ideia é aprimorar a coleta e sistematização dos dados para garantir informações e indicadores confiáveis para a tomada de decisões no processo de planejamento e gestão estratégicos, além de aumentar o acesso público a esses dados.

 

A concessão do Selo considera o encaminhamento adequado das informações, com atenção aos prazos e à consistência dos dados, assim como o nível de informatização do tribunal, o uso de relatórios estatísticos para o planejamento estratégico e o cumprimento de resoluções do CNJ alinhadas à gestão da informação. Na Bahia, foi reconhecido também o Tribunal Regional Eleitoral, na categoria Bronze.

 

 CNJ

 

9º ENCONTRO NACIONAL DO PODER JUDICIÁRIO - Participam do evento, a presidente, o corregedor-geral e a gestora de Metas do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA), desembargadores Maria Adna Aguiar, Esequias de Oliveira e Margareth Costa, respectivamente.

 

Leia também: Ministro defende criatividade para assegurar razoável duração do processo

 

 

Secom TRT5 ( Com informações do CNJ) - 25/11/2015