Trabalho Infantil: jogo online estimula a prevenção e o combate

 Divulgação

 

Em alusão ao Dia de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado mundialmente no próximo dia 12 de junho, o Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT/PB) elaborou uma importante ferramenta de prevenção e combate ao trabalho infantil. Trata-se do game ''Infância Livre'', um jogo que pode ser baixado ou jogado online através do site www.mptgames.com.br - apresenta de forma lúdica vários possíveis cenários de exploração da mão de obra infantil, como lixões, o meio rural e o ambiente doméstico, com o objetivo de alertar a sociedade para a questão do trabalho infantil, com informações sobre os prejuízos da prática e sobre os direitos da criança e do adolescente.

 

De acordo com o MPT/PB, o jogo foi desenvolvido em 2012 por acadêmicos do   Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (Facisa), de Campina Grande (PB), por meio de cooperação com o Ministério Público do Trabalho. “A perspectiva é a de que se possa ao mesmo tempo promover o entretenimento e levar aos jogadores informações importantes acerca da nocividade do trabalho infantil e de outras práticas ilícitas”, afirmou o procurador do trabalho Marcos Antonio Ferreira Almeida, o idealizador do projeto, ao destacar o potencial de difusão e entretenimento dos jogos eletrônicos para propagar informações importantes.

 Secom TRT5CAMPANHA 2015 - Com o slogan ''Não ao trabalho infantil. Sim à educação de qualidade'', a campanha deste ano encabeçada pelo Fórum Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador da Bahia (Fetipa) - entidade da qual o TRT da Bahia faz parte - centraliza na importância da educação de qualidade como instrumento efetivo de mudança em relação ao trabalho envolvendo crianças e adolescentes em todas as esferas da sociedade, e também como a população pode denunciar - através do Disque 100 - e se engajar nessa luta.

 

Durante todo o mês de junho, estão sendo realizadas ações para dar maior visibilidade ao combate do trabalho infantil, sobretudo em escolas e em veículos de comunicação, através de cartilhas e vídeos que destacam as razões pelas quais as crianças não devem trabalhar. Dois desses vídeos - estrelados pelos atores Wagner Moura e Priscila Camargo - já estão disponíveis no Youtube, com mensagens alusivas ao Dia de Combate ao Trabalho Infantil. Nas peças, os artistas buscam mobilizar a sociedade a contribuir para a erradicação do trabalho de crianças e adolescentes no Brasil. A campanha tem o objeto de alerta a sociedade sobre os prejuízos do trabalho precoce para crianças e adolescentes.

 

Leia também: 

 

 

12/05/2015 05:00 |

Fetipa propõe ações para marcar o Dia de Combate ao Trabalho Infantil

 

Secom TRT5 (Lázaro Britto) - 10/06/2015 (Com informações do MPT/PB)