Semana da Conciliação:TRT5 continua agendando audiências

 Divulgação

 

O Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT/BA) continua a receber as inscrições para tentativa de acordo dentro do movimento da Semana Nacional da Conciliação, mutirão que ocorrerá em todo o Poder Judiciário no período de 24 a 28 de novembro. Partes e advogados interessados em conciliar na Justiça do Trabalho da Bahia podem e devem continuar enviando pedidos de audiência através do e-mail conciliar@trt5.jus.br, informando os nomes das partes (reclamante e reclamado) e número do processo, para realização de audiências mesmo depois da Semana.

 

''As pautas específicas para a Semana da Conciliação já foram fechadas em razão dos prazos necessários para intimação das partes e advogados'', informou a juíza Ana Paola Diniz, coordenadora da Central de Execução e integrante do Núcleo de Conciliação do TRT/BA. ''A cultura em prol da conciliação é um movimento permanente no TRT da Bahia e, por isso, todos os pedidos recebidos serão oportunamente analisados e incluídos em pauta'', garantiu a magistrada.

 

Além disso, como sempre ocorre, haverá juízes de plantão para atender partes que consensualmente desejem conciliar e compareçam pessoalmente ao TRT. Para reforçar o atendimento àqueles que vierem tentar um acordo, será montado um balcão de informações sobre direitos trabalhistas, no térreo no Fórum Trabalhista do Comércio, com a participação de magistrados e servidores. No interior, as partes devem procurar diretamente a Vara do Trabalho local.

 

NÚMEROS - Até o último dia 10/11, um total de 2.678 audiências haviam sido agendadas para a Semana da Conciliação no tribunal baiano. O movimento, coordenado em nível nacional pelo Conselho Nacional de Justiça, tem o objetivo de estimular a solução mais rápida dos processos por meio da pacificação dos conflitos entre as partes. Em Salvador (BA), as audiências acontecerão nas varas trabalhistas e no Juízo de Conciliação de 1ª Instância, que fica no 4º andar do Fórum Trabalhista do Comércio, bem como no Juízo de Conciliação de 2ª Instância, no 1º andar do Bloco B do Fórum Coqueijo Costa, em Nazaré.

 

Secom TRT5 (Lázaro Britto) - 13/11/2014