Mutirão em Eunápolis registra mais de R$ 1,4 milhão em acordos

 Secom TRT5
O resultado do Plano Regional de Conciliação superou ao da primeira
edição do movimento, realizada em fevereiro em Eunápolis

 

A segunda passagem do Plano Regional de Conciliação do Tribunal Regional do Trabalho na Bahia (TRT/BA) pelo município de Eunápolis, de 2 a 6 de junho, resultou em mais de R$ 1,4 milhão (R$ 1.406.595,23) em acordos, com 76 processos conciliados, beneficiando 206 partes envolvidas. As negociações foram conduzidas pelo juiz Ivo Daniel Póvoas de Souza, do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais e Solução de Conflitos, e realizadas na sede na Vara do Trabalho do município, localizada na Av. Artulino Ribeiro, s/nº, bairro Dinah Borges.

 

''Além de superar minhas expectativas, o resultado revela o êxito do projeto'', afirmou o juiz Ivo Daniel Póvoas, ao avaliar o Plano Regional de Conciliação, que desta vez realizou 179 audiências em Eunápolis, 18 a mais que na primeira edição do mutirão, realizada em fevereiro. Junto à sua equipe de servidores, o magistrado destacou também a ''grande movimentação nas dependências da Vara, com boa receptividade por parte dos advogados'', bem como o ''empenho dos servidores para o célere andamento dos trabalhos'', em especial no pronto atendimento para emissão de alvarás judiciais para liberação de créditos e saldos de FGTS.

 

A atuação do Núcleo de Solução de Conflitos através do Plano Regional de Conciliação permanecerá funcionando durante todo o ano, com a expectativa de alcançar todas as Varas do Trabalho do estado da Bahia. Veja abaixo o cronograma para as próximas cidades:


 
Itabuna - de 21 a 24 de julho
Ilhéus - 28 a 31 de julho

 

O PROJETO - Coordenado pelo Núcleo de Métodos Consensuais, o Plano Regional de Conciliação do TRT/BA tem como objetivo solucionar questões trabalhistas por meio de acordo entre as partes, através de mutirões de conciliação em diversas varas da capital e do interior. São priorizados processos com sentenças em que não cabem mais recursos, com execuções em andamento ou aguardando a iniciativa das partes, o que não impede que outras reclamações trabalhistas, inclusive aquelas em que as decisões ainda não foram proferidas, sejam incluídas nas pautas de conciliação.

 

Para participar dos mutirões, os envolvidos no processo e interessados na conciliação devem enviar um e-mail para conciliar@trt5.jus.br ou comparecer à Vara do Trabalho, no caso de demandas fora da capital. Em Salvador, o agendamento ocorre por e-mail, podendo, ainda, as partes do processo que desejem conciliar, comparecer ao Fórum Trabalhista, no Comércio, no Departamento de Hastas Públicas, que fica no 4º andar, onde estará de plantão um juiz integrante do Núcleo.

 

Secom TRT5 (Lázaro Britto) - 10/6/2014