Presidente do TRT5 empossa diretor e três novos servidores

Na manhã desta sexta-feira (9), a presidente do TRT5, desembargadora Vânia Chaves, deu posse ao novo diretor da Vara do Trabalho de Barreiras, Mateus Maia de Melo, à analista judiciária da Área Judiciária, Daniella Costa de Oliveira Guimarães, e aos técnicos judiciários da Área Administrativa, Cíntia Albuquerque Brando e Daniel de Paula Freitas.
 

 Ascom TRT5Além de familiares e servidores, compareceram à concorrida solenidade realizada no Gabinete da Presidência, o desembargador aposentado Raymundo Pinto, o desembargador Jéferson Muricy e a juíza titular da Vara do Trabalho de Barreiras, Cecília Guimarães (foto).

 

Após as formalidades, a presidente parabenizou os empossados, dizendo que o TRT5 é uma grande família e se preocupa igualmente com todos os ''filhos'', independentemente de onde estejam lotados. Afirmou que procura dar tratamento uniforme às unidades, o que nem sempre é possível, pois a Bahia é muito grande e considerada um ''estado continental''. Nesse sentido, pediu paciência a todos e ressaltou a carência da população, que merece um atendimento de qualidade e conta com nossa boa vontade e compreensão.

 

Com a palavra, o desembargador Raymundo Pinto disse que teve uma experiência fabulosa como magistrado, que se sente "realizado e orgulhoso pelos trinta anos de serviço prestado ao TRT5". Afirmou que a sua percepção é totalmente contrária à imagem negativa transmitida pela mídia, pois as pessoas que conheceu eram muito competentes e dedicadas. Destacou que, nos dois anos em que atuou como corregedor, entrevistou pessoalmente os servidores e se comoveu com o sacrifício e desprendimento de muitos, que não mediam esforços para contornar as situações adversas. Por fim, disse que a Justiça do Trabalho é um exemplo de bom serviço e honestidade e que todos devem corresponder a essa filosofia.

 

Por sua vez, o desembargador Jéferson Muricy desejou sucesso a todos e que seja apenas o início de carreiras públicas muito satisfatórias. "Aprendi a admirar e a amar a Justiça do Trabalho a partir de pontos de vista diferentes. Ainda como estagiário (1984), repleto de expectativas e sonhos, percebi a importância de valorizar as demandas e pedidos", afirmou o magistrado, que também atuou como membro do Ministério Público. ''Amem a Justiça do Trabalho por ser um serviço fundamental para a parcela oprimida da sociedade'', finalizou dando as boas-vindas a todos e ressaltando a alegria de participar da posse de sua ex-estagiária, Daniella (2007-2008).

 

CURRÍCULOS - Mateus é graduado em Direito pela Universidade Católica do Salvador (UCSal) e pós-graduando em Direito Processual Civil pelo Juspodivm em convênio com a Faculdade Baiana de Direito. Servidor do TRT5 desde 2009, estava lotado na 11ª Vara do Trabalho de Salvador, onde foi assistente da juíza Cecília Guimarães, ainda enquanto auxiliar daquela unidade.

 

Daniella, que vai ficar lotada na Vara do Trabalho de Jequié, é formada em Direito pela Universidade Salvador (Unifacs) e pós-graduada em Direito do Trabalho pela Fundação Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atuou como advogada nas áreas cível e trabalhista (2008-2012) e inicia, hoje, a carreira pública.

 

Cíntia, que vai integrar a equipe da Vara do Trabalho de Ipiaú, é bacharela em Direito pela UCSal. Advogou nas áreas tributária e penal (2009-2012) e assume, nesta data, o seu primeiro cargo público.

 

Daniel, que também vai ficar lotado na Vara do Trabalho de Ipiaú, é graduado em Direito pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e realiza, hoje, o antigo sonho de fazer parte do TRT5. Iniciou a carreira pública como agente administrativo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDIC (2010-2011). Posteriormente, atuou como agente administrativo do Ministério da Justiça, oportunidade em que foi cedido ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (2011-2012).

 

Ascom TRT5 (Flávia Côrtes) - 9.11.2012