Juíza Viviane Leite tira dúvidas trabalhistas na Metrópole

O que significa remuneração variável? Empregada doméstica tem direito a FGTS? O que disciplina a jornada de trabalho de quem é vigilante? Ocupante de cargo comissionado, em gozo de licença maternidade, pode pleitear algum direito na Justiça em caso de rescisão contratual? Essas e outras questões foram respondidas pela juíza Viviane Leite Faria, presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 5ª Região (Amatra5), no programa Metrópole Serviço desta quinta-feira, dia 4.

 

Além de debater sobre a participação das mulheres no mercado de trabalho, seus direitos e desafios, a magistrada falou sobre assédio sexual, despedida indireta, lide simulada, prescrição bienal, hora extra dobrada e outras dúvidas dos ouvintes que ligaram ao vivo para a emissora. Clique na seta acima ou faça download do áudio para ouvir os principais trechos do programa.

 

O Metrópole Serviço, antes apresentado por Rita Batista, é comandado agora por Dina Rachid e Christiane Gurgel. A participação de um magistrado do TRT5 acontece quinzenalmente, por meio de parceria com a Ascom e apoio da Amatra5.

 

Ascom TRT5 - 04.03.2010
Antes de imprimir, pense na sua responsabilidade ambiental. Menos papel, mais árvores