Ato regulamenta Sistema de Gestão Estratégica da JT

 DivulgaçãoA presidência do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) editou, ad referendum do Plenário, ato que regulamenta o Sistema de Gestão Estratégica da Justiça do Trabalho (Sigest). A ferramenta tecnológica deverá ser usada para a medição, monitoramento e análise das estratégias definidas pelo Conselho e pelos Tribunais Regionais do Trabalho.

 

A partir de agora, o acompanhamento da execução da gestão estratégica nos órgãos deverá ser realizado exclusivamente por meio do sistema. Tanto o CSJT quanto os TRTs deverão inserir no Sigest os seguintes dados: indicadores nacionais da Justiça do Trabalho e específicos de cada órgão; índices de cumprimento das metas nacionais; planos de ação e projetos.

 

O CSJT atuará como órgão gestor do Sigest, cabendo às áreas de planejamento, gestão estratégica e de tecnologia da informação dos tribunais atuarem como gestoras do processo de planejamento estratégico institucional e de TI de cada órgão, conforme suas competências, bem como realizarem o monitoramento dos resultados apresentados e da qualidade dos dados inseridos na ferramenta pelas unidades detentoras das informações.

 

O gerenciamento dos planos estratégicos constantes no sistema ocorrerá por meio da metodologia Balanced Score Card (BSC), seguindo as orientações previstas na Resolução nº 70 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

 

Ao longo deste semestre, todos os Regionais receberam a visita de uma consultoria especializada contratada pelo CSJT para implantação técnica do sistema e treinamento de servidores.  Com a implantação do Sigest, as Administrações poderão acompanhar o desempenho das unidades e desenvolver ações para auxiliá-las no cumprimento de metas e projetos. 

 

Acesse aqui o conteúdo completo do Ato nº 419/2012.

 

Leia também:

 

22/11/2012 09:56|

TRTs entram em etapas finais de implantação do sistema de gestão estratégica

21/11/2012 02:29|

Apresentação do sistema de gestão será nesta quinta (22)

07/11/2012 09:00|

Sigest começa a ser implementado no TRT da Bahia

 

Fonte: CSJT (Patrícia Rezende) - 4.12.2012